Startup nota 10: Os passos do empreendedor de sucesso

by

Como definir uma startup nota 10? Certamente não são através de conquistas isoladas como notoriedade na mídia, altos investimentos, grandes lucros e escalabilidade crescente. O sucesso de uma empresa desse tipo é a soma de tudo isso mais a dedicação do empreendedor e a crença em uma ideia que ganhará o mercado. Para chegar ao topo é preciso trabalhar, não somente de forma árdua, mas também de maneira inteligente.

E você, já sabe como ter uma startup nota 10? Confira a seguir os passos que nortearão seu trabalho daqui em diante.

1. Planejamento do negócio

Uma startup de sucesso começa com a preocupação dos empreendedores em construir um planejamento sólido, capaz de prever certos problemas, custos e faturamento. E assim conseguir construir um modelo de negócio viável.

A principal característica nesse aspecto é que tão importante quanto planejar é estar disposto a alterar o desenho inicial, reconhecendo os erros e aprendendo com eles. Empreendedores de sucesso podem até acertar na primeira tentativa, mas sabem que é sempre preciso mudar e inovar para obter melhorias no modelo de negócio.

Por outro lado, as falhas e tentativas frustradas são comuns. Nesses casos o empreendedor deve estudar e analisar o mercado para então definir o momento para mudar seus planos e pivotar sua startup.

O planejamento do negócio é sim um passo inicial, porém, não é só na largada que ele deve ser feito. Essa ação deve existir ao longo da vida da startup, sendo realizada periodicamente para traçar objetivos, custos e lucros.

2. Validação de hipóteses

Colocar sua ideia em prática é a melhor maneira para testar as hipóteses levantadas pelo empreendedor de uma startup na fase de planejamento. Através do contato com possíveis clientes, parceiros e fornecedores é que será possível criar modelos e protótipos apurados.

Um empreendedor de sucesso está antenado com a opinião de pessoas de fora da empresa, que conseguem perceber o valor da sua solução sem a visão de quem a criou. É fundamental para o sucesso da empresa que ele esteja aberto a novas ideias, melhorias e críticas. Também é importante lembrar que comentários negativos ao seu modelo não devem ser tomados como críticas pessoais. Saiba separar as coisas.

E se a hipótese não for validada, não se dê por vencido. É sempre hora de reformular o planejamento.

3. Conquista do primeiro cliente

Muitos empreendedores estabelecem metas para a sua empresa como grande aquisição de clientes, milhões em faturamento, fatias do mercado, dentre outras. Poucos percebem que o mais importante é conseguir o primeiro cliente.

O primeiro cliente deve ser um marco para o empreendedor. É a confirmação de tudo que ele fez até agora em planejamento, validações e testes. Ainda que o sucesso esteja na conquista de muitos clientes, tudo começa com o primeiro. A partir dele um empreendedor de sucesso terá resultados reais para continuar crescendo.

Após o primeiro, virão outros clientes, portanto lembre-se que cada um deles é um divulgador do trabalho de sua startup. Isso ocorrerá de forma positiva ou não, dependendo de como você se dedica ao negócio e a sua clientela.

4. Lidar com a escalabilidade

Tomar conta da escalabilidade de uma startup é uma fase crucial para o negócio como um todo. É neste momento que contratações são feitas, que problemas com clientes começam a aparecer e que seu produto ou serviço começa a ganhar valor.

É nesta fase também que qualidades como liderança e visão estratégica começam a se destacar em um empreendedor de sucesso. Entre aqueles que não nasceram com elas, é fundamental encontrar meios para desenvolvê-las. Neste período as startups podem dar errado caso não haja um sério controle de gestão financeira.

5. Foco na gestão empresarial

A busca pela excelência na gestão empresarial deve ser a meta de um empreendedor de sucesso. Dessa forma será possível competir no mercado mesmo com empresas maiores.

O problema da gestão é que o empreendedor precisa aprender a ler uma porção grande de dados, análises e relatórios de forma ágil. Assim, utilizar softwares de gestão que facilitem todo o processo certamente trará vantagens competitivas, e principalmente, maior produtividade e melhores decisões. Unir ferramentas de gestão com planejamento e liderança irá auxiliar muito no crescimento da sua startup.

Fonte: Conteúdo originalmente publicado no blog da ContaAzul, o melhor sistema de gestão para micro e pequenas empresas.