5 dicas de Marketing Digital para validar a sua ideia ao longo do Startup Weekend

by

Tendo participado de vários Startup Weekends como mentor, junto com a empolgação e clima sensacionais do evento, vejo um deslize bastante comum na maioria dos grupos que acaba afetando bastante na qualidade do pitch final e principalmente no resultado do aprendizado: foco excessivo na construção do produto (protótipo) ao invés de uma preocupação maior em provar a ideia e o modelo de negócio.

Não é minha intenção aqui desanimar ninguém, mas não precisamos ir longe em dados para mostrar que boa parte das startups não dão certo. E quando isso acontece, na grande maioria dos casos o problema não é de tecnologia, é de negócios: a empresa não consegue encontrar maneiras relevantes de crescer em clientes e receitas, pelos mais diversos motivos.

Dessa forma, conseguir criar um produto que as pessoas de fato querem e buscar formas escaláveis de adquirir novos clientes deveriam ser as preocupações principais de qualquer empreendedor, e o Marketing Digital sem dúvida oferece oportunidades muito relevantes para ajudar na empreitada, mesmo na correria de 48h de trabalho. 😉

Separo nesse artigo 5 dicas de como usar o Marketing Digital para ajudar na construção e refinamento do projeto ao longo do final de semana:

Validar problema/interesse no tema

Antes mesmo de construir qualquer MVP, é uma opção muito válida tentar entender de fato se o problema que sua empresa resolve é real e quais os detalhes acerca dele. Uma das formas de validar isso é produzindo conteúdo e medindo o interesse das pessoas no tema.

Se você não consegue vender a ideia em torno de um problema, dificilmente vai conseguir vender um produto para aquele problema. Ou seja, mesmo que haja de fato uma grande oportunidade no seu mercado, se você não conseguir despertar no cliente a consciência dessa oportunidade e a vontade de agir, de nada adiantará ter um ótimo produto.

Dica prática: marque um webinar ao vivo sobre o tema do seu negócio (que depois pode ser feito via Hangout) e promova usando a compra de mídia no Google Adwords ou Facebook Ads. Por exemplo, se o Conta Azul estivesse sendo lançando no Startup Weekend, eles poderiam ter promovido um webinar sobre gestão financeira para PMEs.  Criar um post manifesto no blog e convidar as pessoas a assinarem para receber todos os posts também pode ser uma forma de medir isso.

Gerar Leads para entrevistas qualitativas

Também antes de ter um MVP, é uma prática bastante recomendada ouvir o máximo possível do cliente e entender seus problemas e necessidades, para que isso direcione melhor o MVP. No estágio inicial, entrevistas qualitativas sempre funcionam melhor para aprender do que só ficar olhando para métricas.

O problema é que nem sempre é simples encontrar o público ideal do seu produto e, mesmo quando é possível atraí-lo, pode ser difícil iniciar o contato e realizar as entrevistas que sua empresa precisa.

Colocar um material relevante sobre o seu tema atrás de uma Landing Page com formulário é uma forma garantida de gerar bons Leads e ter a informação de contato de várias pessoas interessadas no assunto para que você aborde e receba informações.

Dica prática: Seguindo a ideia acima, disponibilize o Webinar só para quem preencher um formulário colocando dados como email e telefone. Para ganhar tempo, use os formulários do Google Docs para fazer isso.  

Atrair os primeiros “usuários” do produto

Para conseguir feedback, identificar problemas e mais uma série de motivos, é importante ter pessoas utilizando ativamente sua solução, mesmo que seja apenas um protótipo.

Como saída, muitos empreendedores convidam amigos e parentes que estão dispostos a dar algum tipo de ajuda. O grande problema é que geralmente essas pessoas não são necessariamente o público alvo da sua empresa e a sua forma de avaliar e dar opiniões e sugestões pode não levar ao que é o melhor caminho.

A sugestão é usar o Marketing Digital para atrair uma massa inicial de usuários para testar o protótipo e sentir suas “dores” depois de tentar usar o produto.

Dica prática: monte uma Landing Page explicando o produto ou convidando para o beta test e crie campanhas de compra de mídia segmentada para atrair o seu público ideal e conquistar os primeiros usuários.

Testar canais de aquisição

Apesar da metodologia de Lean Startup/Customer Development prever que o passo de buscar canais de aquisição escaláveis venha depois da validação do Problema/Solução, vale a pena desde o início “colocar o pé na água” e fazer alguns testes de atração de Leads através canal que se acredita que será o prioritário.

Novamente, mesmo que seja só um vídeo ou uma explicação do produto, se você não conseguir atrair e convencer a demonstrar qualquer interesse na sua solução dificilmente você conseguirá atraí-lo e convencê-lo a comprar pelo mesmo canal.

Recomendamos começar cedo esses testes porque em muitos casos podem ser a grande dúvida e um divisor de águas na viabilidade de um negócio.

Quando o Dropbox estava começando, um dos canais que eles testaram para aquisição de clientes foi o Google Adwords. No entanto, por esse canal eles avaliaram que o seu custo por aquisição chegava aos quase U$300 por cliente, o que claramente inviabilizaria o crescimento da empresa. Com isso, seria preciso descobrir novos canais de aquisição que fizessem sentido. Entre os diversos testes acabou despontando a indicação de amigos (estimulados pelo armazenamento gratuito) como um canal viável e isso guiou todo o crescimento da empresa.

Dica prática: como a ideia é colocar o pé na água e não temos muita ideia do que vai funcionar ou não, coloque pelo 3 ideias de canais de aquisição em fase de testes: pode ser conteúdo, compra de mídia (e em diferentes canais – Facebook, Linkedin, Google, etc), emails, afiliados, app stores, etc.

Testar messaging e proposição de valor

Um dos pontos importantes a ser testado é o próprio apelo do produto, com a escolha da principal mensagem transmitida pelo marketing e a real proposição de valor do produto.

Muitas vezes existem ângulos diferentes para abordar o cliente e descobrir o que ressoa melhor com os problemas e necessidades dele pode ter um impacto significativo nos resultados da sua empresa.

Dica prática: crie testes A/B na sua Landing Page e nos seus anúncios focando em pontos diferentes da sua solução para descobrir o que tem mais apelo e pode ser melhor explorado no marketing da sua empresa.

Espero que essas dicas ajudem na maratona neste final de semana. 😉  Até logo e boa sorte!

Autor: Eric Santos  (@ericnsantos), CEO da Resultados Digitais e mentor no #SWFloripa